Como fazer TI e Negócios realmente colaborarem

Rose Oliveira é gerente administrativa do Grupo Binário.

Rose Oliveira é gerente administrativa do Grupo Binário.

TI x Negócios. Quem já não vivenciou ao menos um debate sobre a relação entre as áreas? Cada vez mais apontada como necessária para garantir a boa saúde de qualquer empresa, a interação entre estes setores pode ser facilitada seguindo alguns passos simples.

Uma boa dica, sugerida pela consultoria Partnering Resources, é fazer com que os profissionais das duas esferas reflitam sobre o porquê de sua necessidade de interação. Uma primeira resposta que facilmente virá às mentes é a de que todos estão muito ocupados. Logo, colaboração não pode ser uma má ideia. Parece um conselho básico, mas pense: nem sempre saber que o trabalho colaborativo será bom para o cliente é suficiente; agora, se os profissionais souberem que será bom para eles mesmos… Pois é.

Outras reflexões muito úteis de se por em prática são: o que o departamento X possui que pode auxiliar no trabalho da área Y? O que a TI pode oferecer para melhorar o desempenho dos setores de Negócios? E o que é crítico para os clientes se as divisões não cooperarem entre si?

Reforçar as relações pessoais entre as áreas também é um ponto importante da estratégia de integração, já que só admitir que a colaboração é eficiente não fará com que ela comece a acontecer. Pessoas bem entrosadas têm maior sinergia. Logo, os profissionais precisam, literalmente, conversar dentro da empresa para que as divisões também “conversem”. E eis que o cafezinho, a sala de descompressão e o horário de almoço ganham ares de ferramenta gerencial!

Conquistada a colaboração, ufa! Seu trabalho de gestão departamental acabou. Não é bem assim… Agora é hora de prestar atenção à execução do trabalho integrado. Reuniões de trabalho serão bons momentos para avaliar se as equipes estão realmente entrosadas, se há objetivos compartilhados de cooperação, se os processos estão verdadeiramente estruturados, se não há uns trabalhando mais do que outros e se todos os envolvidos conhecem metas propostas e – especialmente – atingidas.

Se algo não estiver funcionando bem, não é motivo para desistir da estratégia. Relações pessoais, mesmo no ambiente profissional, são complicadas, a confiança entre departamentos é algo que leva tempo para ser construído. Além disso, mesmo que o trabalho colaborativo venha fluindo bem há algum tempo, mudanças de cenário e de planos são sempre uma possibilidade, e situações assim podem trazer reações negativas, retroceder passos já dados, mas tudo tem conserto, basta manter o foco.

As melhores ferramentas neste processo são a insistência e a paciência. As interações entre as equipes tendem a evoluir por si só. Incentive o trabalho integrado, facilite ambientes e situações de colaboração e assista. Cada resultado conquistado incentivará os próprios times a buscarem interação. Afinal, o que é que a união faz mesmo?

Fonte: http://goo.gl/nCn6sT

Como fazer TI e Negócios realmente colaborarem
Avalie este post

Posts Relacionados:

No Comments

Leave a Comment

Please be polite. We appreciate that.
Your email address will not be published and required fields are marked