A economia baseada em Blockchain vai muito além das criptomoedas

blockchain, tecnologia da informação

O Blockchain é uma tecnologia cuidadosamente desenvolvida, isso não se pode negar, fruto da ideia de uma pessoa ou grupo de pessoas conhecido pelo pseudônimo Satoshi Nakamoto. Mas desde então, essa ideia evoluiu para algo maior, e a principal questão que muitas pessoas estão se perguntando é: o que é Blockchain?

Ao permitir que a informação digital seja distribuída de forma permanente e inviolável, a tecnologia Blockchain criou a espinha dorsal para um novo tipo de padrão para o envio de dados transacionais. Originalmente concebido para a moeda digital, o Bitcoin, a comunidade de tecnologia está agora encontrando novos usos potenciais para dessa tecnologia.

Mais quais são esses usos e como exatamente Blockchain atua neles? É sobre isso que falaremos hoje! Continue lendo e descubra conosco!

O conceito de Blockchain?

Blockchain vem crescendo nos últimos anos e que tem encontrado outras aplicabilidades em serviços financeiros, saúde, governo e em outros lugares. O Blockchain usou a tecnologia de computação distribuída e criptografia para criar processo altamente seguro de transações sem que exista um controle centralizado. 

Cada registro ou transação digital na cadeia é chamado de bloco (daí o nome), e permite que um conjunto aberto ou controlado de usuários participe do registro eletrônico. Cada bloco está vinculado a um participante específico.

O Blockchain só pode ser atualizado por consenso entre os participantes do sistema, e quando novos dados são inseridos, eles nunca podem ser apagados. O Blockchain contém um registro verdadeiro e verificável de cada transação já feita no sistema.

De forma simplificada, a tecnologia de Blockchain funciona como um banco de dados descentralizado que é gerenciado por computadores pertencentes a uma rede ponto a ponto (P2P). Cada um dos computadores na rede distribuída mantém uma cópia da transação que está em andamento para reduzir os riscos em caso de algum ponto de falha. Todas as cópias dessa transação são atualizadas e validadas simultaneamente.

Quem vai usar o Blockchain?

A resposta simples para a pergunta acima é qualquer entidade que espera tornar os processos mais baratos, mais rápidos e mais rastreáveis. Vamos dar uma olhada em alguns exemplos em diferentes setores, não apenas nos bancos.

No ano passado, o grupo de bolsas de valores Nasdaq fez uma parceria com o banco sueco SEB para testar uma plataforma de negociação de fundos mútuos baseada em Blockchain, por exemplo. A Nasdaq também testou o Blockchain para permitir que os acionistas de empresas listadas da Estônia, que não estavam presentes fisicamente para as reuniões, votassem.

A tecnologia também pode ser usada para rastrear produtos em uma cadeia de suprimento ou rota. Por exemplo, a produtora de diamantes De Beers anunciou recentemente que testou a tecnologia para rastrear as pedras desde o momento em que elas foram extraídas até entregá-las a um joalheiro.

O Blockchain também pode ser usado para rastrear a propriedade de ativos, como belas artes e propriedades. As eleições são outro espaço ao qual a tecnologia blockchain pode ser aplicada. Na eleição primária da Virgínia Ocidental em maio, alguns eleitores puderam votar por meio de uma plataforma baseada em Blockchain móvel.

O que vem a seguir para o Blockchain?

O Blockchain está sendo usado para processos singulares, como empréstimos ou movimento de moeda internacional. Mas há vários outros casos de uso e até indústrias que o Blockchain pode tocar. 

Logística. Fintech. Indústria de saúde, energia. Os Blockchains estão sendo usados em uma ampla variedade de usos em vários setores. (Mais recentemente, tem sido apresentado como uma forma de trocar créditos de carbono.)

Na logística, por exemplo, um conhecimento de embarque de cargas tem sido tradicionalmente baseado em papel, o que requer múltiplas assinaturas de inspetores e receptores antes que as mercadorias possam ser entregues.

Mesmo quando o sistema é eletrônico, ainda é necessário que várias partes assinem os embarques de carga, criando um longo processo administrativo.

Para tentar agilizar esse processo complicado, a maior operadora de encomendas de contêineres do mundo, Maersk, anunciou em março de 2017 que está usando um livro-caixa baseado em Blockchain para gerenciar e rastrear o rastro de dezenas de milhões de contêineres digitalizando a cadeia de suprimentos.

E a Maersk uniu-se à IBM em uma nova plataforma eletrônica de embarque baseada em blockchain. Espera-se que esteja em funcionamento no final de 2018.

Próximos passos

Ainda assim, há uma série de obstáculos que a tecnologia precisa superar para ser viável em grandes organizações e indústrias em geral.

Um dos principais é a interoperabilidade. Essencialmente, como os Blockchains desenvolvidos por uma empresa funcionam com blocos administrados por outra organização?

Pode ser comparado aos primeiros dias dos sistemas operacionais móveis, onde havia vários sistemas, incluindo iOS, BlackBerryOS, Android e Symbian. Agora iOS e Android dominam o mercado de smartphones.

Outro grande fator é se esses Blockchains podem escalonar e ser capazes de lidar com os grandes processos de transação necessários em todos os setores.

Além disso, enquanto muitos dos Blockchains existentes são públicos, grandes empresas estão testando uma versão privada da tecnologia. 

Enquanto há muito ainda para ver sobre o uso do Blockchain em grande escala, é certo que essa tecnologia se tornará cada dia mais presente na TI das organizações de todos os setores.

Gostou do nosso artigo? Quer continuar acompanhando as principais novidades para melhorar a gestão de TI da sua empresa? Fique de olho no nosso blog!

A economia baseada em Blockchain vai muito além das criptomoedas
Avalie este post

Posts Relacionados:

No Comments

Leave a Comment

Please be polite. We appreciate that.
Your email address will not be published and required fields are marked