Wi-fi 6 está chegando: saiba tudo sobre ele

wi-fi 6

A Wi-Fi Alliance, organização encarregada de decidir, desenvolver e designar padrões Wi-Fi no mundo, causou uma pequena agitação no ano passado, quando anunciou uma mudança nas convenções de nomenclatura para o Wi-Fi. O esquema de nomenclatura complexo sai de cena para dar lugar ao Wi-Fi 6 (ou 802.11ax) como o padrão da próxima geração.

O novo esquema de nomeação também se aplica retroativamente à antiga tecnologia 802.11ac (Wi-Fi 5) e ao padrão 802.11n ainda mais antigo (Wi-Fi 4). Mas há mais para o Wi-Fi 6 do que uma nova convenção de nomenclatura, já que a próxima geração de Wi-Fi tem vários benefícios em comparação com as iterações anteriores.

O que é o Wi-Fi 6?

Na medida que os dispositivos se tornam mais complexos, as formas de se conectar à internet evoluem, acompanhando o ritmo de desenvolvimento.

Em outras palavras, o padrão Wi-Fi (especificações técnicas que os fabricantes usam para criar o sinal Wi-Fi e descrevê-lo nos dispositivos que o tornam possível, como roteadores) é atualizado constantemente para que você tenha acesso a uma internet cada dia melhor.

Cada atualização, ou padrão, era identificado por uma nomenclatura técnica. Contudo, nem todo mundo entende essa nomenclatura. Ciente disso, a Wi-Fi Alliance anunciou uma nova maneira de rotular os padrões Wi-Fi e uma nova geração de padrão que está por vir: o Wi-Fi 6.

O Wi-Fi 6 é um novo padrão Wi-Fi, assim chamado para evitar confusão com os padrões mais antigos, que agora são designados da seguinte maneira:

  • 802.11b é agora Wi-Fi 1
  • 802.11a é agora Wi-Fi 2
  • 802.11g é agora Wi-Fi 3
  • 802.11n é agora Wi-Fi 4
  • 802.11ac é agora Wi-Fi 5
  • 802.11ax agora é Wi-Fi 6

O Wi-Fi 6 é baseado no novo padrão IEEE 802.11ax, então você pode ver os dois termos trocados. Ele ainda vai agir como o Wi-Fi que você conhece e ama agora, exceto com alguns benefícios adicionais, que descreveremos abaixo.

O que o padrão Wi-Fi 6 traz de novo?

Há muitas novas tecnologias Wi-Fi em ascensão e o Wi-Fi 6 ajuda a padronizá-las. Aqui estão as novidades importantes que o novo padrão traz e o que exatamente elas significam para sua rede sem fio.

1. Latência reduzida

O Wi-Fi 6 reduz a latência em comparação aos antigos padrões, o que significa que há menos ou nenhum atraso nos dados enviados. O novo padrão usa tecnologia mais avançada, como OFDMA (acesso múltiplo por divisão de frequência ortogonal) que, em palavras simples, é melhor em “embalar” dados em um sinal.

2. Mais velocidade

O Wi-Fi 6 também será mais rápido. Ele expande o suporte à tecnologia MU-MIMO lançada com o Wi-Fi 5, que permite que um rádio Wi-Fi forneça dados simultaneamente para vários dispositivos, em vez de de maneira rotativa. Em vez de lidar com quatro fluxos simultâneos, o Wi-Fi 6 aumenta o número para oito.

3. Menos zonas mortas

O Wi-Fi 6 também reduzirá o número de zonas mortas graças ao beamforming, o truque que seu roteador usa para focar os sinais em um determinado dispositivo, especialmente se parecer que ele está tendo problemas com uma conexão. O novo padrão expande a faixa de beamforming e melhora suas capacidades, tornando as zonas mortas ainda menos prováveis.

4. Maior duração de bateria

Graças à adição da trecnologia Travelling-Wave Tube (TWT) no Wi-Fi 6, todos os dispositivos conectados devem ver um consumo significativamente menor de bateria. Os dispositivos e roteadores compatíveis comunicarão os principais momentos de ativação e suspensão, o que significa menos tempo de funcionamento para um adaptador e menor consumo de bateria.

Por que atualizar seus roteadores?

Upgrades são sempre bem-vindos, mas você deve se perguntar por que precisará de um roteador Wi-Fi 6 em primeiro lugar. Segundo a Wi-Fi Alliance, o novo padrão é teoricamente capaz de velocidades de cerca de 9,6 Gbps.

Contudo, a maioria das pessoas não possui conexões de internet na casa dos gigabytes, portanto não faz sentido atualizar para o Wi-Fi 6 se você tiver uma conexão de 100Mbps ou menor.

Em um ambiente com muitos gadgets, como uma empresa privada, no entanto, a história é diferente. O Wi-Fi 6 ajudará a aliviar o congestionamento de todos os dispositivos e dar mais velocidade à navegação dentro da rede de computadores.

À medida que avançamos para a transmissão de vídeo de resolução mais alta, o desempenho de jogos exigente e mais dispositivos conectados, o Wi-Fi 6 será mais adequado para atender às nossas necessidades.

Gostou de aprender sobre o Wi-Fi 6? Siga o Grupo Binário no Facebook e no LinkedIn e fique de olho nas novidades do mundo digital!

No Comments

Leave a Comment

Please be polite. We appreciate that.
Your email address will not be published and required fields are marked