Como o varejo pode ser beneficiado com o uso da Internet das Coisas

IoT e Varejo

O poder do Big Data, analytics e aprendizado de máquina criou oportunidades únicas no comércio eletrônico. Graças aos aprimoramentos orientados a dados para anúncios e vendas cruzadas, os compradores na Internet podem comprar “o que querem e quando querem”.

Essa transformação teve um impacto direto e positivo na eficiência dos negócios, impulsionando mais vendas e melhorando a satisfação do cliente. Mas também teve o efeito adverso de ampliar a lacuna entre as empresas online e físicas, deixando o varejo com clientes com altas expectativas e desafios sem precedentes.

No entanto, o advento e desenvolvimento da Internet das Coisas (IoT) e o uso generalizado de dispositivos móveis podem ajudar a superar esses problemas.

Veja como o varejo pode se beneficiar da tecnologia de IoT e de aplicativos para dispositivos móveis, melhorando efetivamente as vendas, cortando custos e atraindo clientes de volta à loja!

O impacto do varejo com a IoT

Os dispositivos IoT e o que eles fazem no varejo

Vamos começar analisando quais são os dispositivos da IoT e sua função no varejo. De uma maneira geral, um dispositivo IoT se conecta à Internet e captura e transmite dados enquanto interage com o ambiente quase em tempo real.

Exemplos de dispositivos IoT comumente encontrados no varejo incluem sensores de temperatura e umidade, câmeras, scanners de código de barras, sensores de porta e muito mais. 

Os dispositivos de IoT ganharam popularidade significativa no varejo porque são uma maneira econômica de acumular uma grande quantidade de dados sobre clientes, produtos e promoções.

Esses dados permitem melhores decisões estratégicas para criar demanda que aumenta o tráfego na loja, o ticket médio de compras e a receita por metro quadrado. 

Os benefícios e aplicações da IoT no varejo

Agora que você entende conceitualmente que a IoT captura dados quase em tempo real para um processamento rápido, analisaremos algumas maneiras específicas pelas quais as empresas usam a IoT para aprimorar suas operações físicas de varejo.

1. Entregar promoções segmentadas e em tempo real aos clientes

Os dispositivos de IoT podem melhorar significativamente a experiência digital de um cliente dentro e fora de um local físico. Por exemplo, os sensores IoT identificam quais produtos específicos interessam aos clientes e, em seguida, as promoções segmentadas acionam conteúdo digital nos seus dispositivos móveis.

Da mesma forma, a sinalização digital e os PDVs habilitados para IoT usam análise facial em conjunto com câmeras para exibir mensagens atraentes e direcionadas definidas por um conjunto de regras.

2. Melhor visibilidade da jornada do cliente

Os sensores da IoT rastreiam o caminho do cliente até a finalização da compra na loja. Os “mapas de calor” mostram as áreas com maior tráfego e o “tempo de permanência”, tempo que um cliente passa em um local específico, para medir o que mais chama a atenção deles na loja.

À medida que você identifica padrões de tempo de permanência e compila o caminho do consumidor para a compra, é possível desenvolver respostas para converter mais vendas (por exemplo, direcionando uma promoção específica para um cliente ou mobilizando um representante de vendas com informações úteis).

Da mesma forma, ao mapear o tráfego em sua loja, você tem uma ideia de quais promoções funcionam para captar a atenção do cliente, quais são ignoradas e as áreas de maior visibilidade para mensagens.

3. Checkout automatizado

Você provavelmente já viu que longas filas impedem seus clientes de comprar produtos. E pode parecer pouco proveitoso pagar vários funcionários extras para trabalhar durante períodos de compras mais movimentados.

Com a IoT, você pode configurar um sistema para ler tags em cada item quando um cliente sair da loja. Um sistema de checkout, então, registra os itens e deduz automaticamente esse custo do aplicativo de pagamento móvel dos clientes.

Criar um sistema de checkout automatizado usando dispositivos de IoT deixaria seus clientes mais felizes e dispostos a entrar na sua loja, especialmente se eles estiverem em um momento difícil. Isso também pode economizar uma boa quantia — a McKinsey estima que o checkout automatizado pode reduzir as necessidades de caixa em até 75%.

4. Prateleiras inteligentes

Muito do tempo e da energia de seus funcionários concentra-se em acompanhar os itens para garantir que nunca falta de estoque e verificar se os itens não estão perdidos em várias prateleiras. Você pode usar a IoT para automatizar essas duas tarefas e, ao mesmo tempo, detectar possíveis roubos.

As prateleiras inteligentes são equipadas com sensores e usam etiquetas RFID para digitalizar os produtos em exibição e no estoque.

Esses sensores informam quando os itens estão acabando ou quando são colocados incorretamente em uma prateleira, o que torna seu processo de estoque econômico e mais preciso. Além disso, cada tag RFID é conectada a um leitor, de modo que as prateleiras são capazes de detectar roubos na loja — economizando dinheiro com segurança.

5. Otimização do controle de estoque

Embora as lojas de varejo já possam rastrear produtos sem a ajuda da IoT, essas informações de rastreamento são bastante limitadas.

Com os sensores RFID e GPS, você pode usar a IoT para obter dados mais precisos, como a temperatura na qual um item está sendo armazenado ou quanto tempo ele passou em trânsito.

Você pode usar esses dados para melhorar a qualidade do transporte — e, melhor ainda, você também pode agir imediatamente se um produto estiver sendo mantido em temperaturas muito baixas ou muito altas, evitando uma perda substancial.

next step IoT

Com insights úteis oferecidos por soluções com tecnologia IoT, os varejistas poderão oferecer aos clientes o que eles realmente desejam por meio de uma experiência digital, conectada e personalizada.

A gama de tecnologias baseadas em dados e na computação em nuvem disponíveis para o setor de varejo pode ajudar a mesclar os benefícios da experiência de compras online e física. Eventualmente, a IoT se tornará o padrão de fato e reinventará o varejo como o conhecemos hoje.

E você, gostou do nosso post? Fique de olho no nosso blog e acompanhe de perto todas as nossas novidades sobre o mercado tecnológico!

 

Como o varejo pode ser beneficiado com o uso da Internet das Coisas
Avalie este post

Posts Relacionados:

No Comments

Leave a Comment

Please be polite. We appreciate that.
Your email address will not be published and required fields are marked