O que é IP Spoofing e como se proteger dele

IP SpoofingO IP Spoofing é um tipo de ataque em que os criminosos tentam usar um dispositivo ou rede para enganar redes de computadores corporativas, mascarando-se como um usuário legítimo.

O objetivo é obter acesso à rede da empresa para extrair dados confidenciais, causar um ataque DDoS ou transformar dispositivos em zumbis (computadores tomados para uso malicioso).

O nome spoofing vem do inglês que significa falsificação, e é exatamente isso que o ataque faz: cria IPs falsos para que o acesso à sua rede seja reconhecido como verdadeiro e passe pela sua segurança.

Mas como exatamente o IP Spoofing funciona e o que você precisa saber para se prevenir? Continue lendo conosco e descubra mais!

Como o IP Spoofing funciona?

Os dados transmitidos pela Internet são primeiro divididos em vários pacotes, e esses pacotes são transmitidos de forma independente e remontados no final. Cada pacote tem um cabeçalho IP (protocolo) que contém informações sobre o pacote, incluindo o endereço IP de origem e o endereço IP de destino.

No IP Spoofing, um hacker usa ferramentas para modificar o endereço de origem no cabeçalho do pacote para fazer o sistema do computador receptor pensar que o pacote é de uma fonte confiável, como outro computador em uma rede legítima, e aceitá-lo. Como isso ocorre no nível da rede, não há sinais externos de adulteração.

Existem três variedades mais comuns de IP Spoofing:

  • Ataques de negação de serviço (DDoS): em um ataque DDoS, os hackers usam endereços IP falsificados para sobrecarregar os servidores com pacotes de dados, desligando-os. Redes de bots dispersas geograficamente são frequentemente usadas para enviar os pacotes. Cada botnet contém potencialmente dezenas de milhares de computadores capazes de falsificar vários endereços IP de origem. Como resultado, o ataque automatizado é difícil de rastrear.
  • Ataque man-in-the-middle: usado para interromper a comunicação entre dois computadores, alterar os pacotes e, em seguida, transmiti-los sem o conhecimento do remetente ou destinatário original. Com o tempo, os hackers coletam uma grande quantidade de informações confidenciais que podem usar ou vender.
  • Ignorar a autenticação de endereços IP: aqueles que estão fora da rede são considerados ameaças, e aqueles dentro são confiáveis. Uma vez que um hacker rompe a rede e a acessa, é fácil explorar o sistema. Considerando essa vulnerabilidade, o uso de autenticação simples como estratégia de defesa está sendo substituído por abordagens de segurança mais robustas, como aquelas com autenticação em várias etapas.

Como se proteger contra o IP Spoofing?

A maioria das estratégias usadas para evitar o IP Spoofing deve ser desenvolvida e implantada por especialistas de TI. As opções para proteção contra falsificação de IP incluem:

  • Implantação de filtragem de pacotes para detectar inconsistências (como pacotes de saída com endereços IP de origem que não correspondem aos da rede da organização).
  • Uso de autenticação baseada na troca de chaves entre as máquinas na sua rede; algo como o IPsec reduzirá significativamente o risco de spoofing.
  • Uso de uma lista de controle de acesso para negar endereços IP privados em sua interface downstream.
  • Configuração dos seus roteadores e switches, se eles suportarem, para rejeitar pacotes originados de fora de sua rede local que se dizem originários de dentro.
  • Ativação das sessões de criptografia em seu roteador para que os hosts confiáveis que estão fora de sua rede possam se comunicar com segurança com seus hosts locais.
  • Utilização de autenticação de dois ou mais fatores.

Colocar pelo menos uma parte dos recursos de computação por trás de um firewall também é uma boa ideia. Além disso, os web designers são encorajados a migrar sites para o IPv6, o mais novo protocolo da Internet. Isso dificulta a falsificação de IP, incluindo etapas de criptografia e autenticação. A maior parte do tráfego de internet do mundo ainda usa o protocolo anterior, o IPv4.

Durante décadas, o problema de IP Spoofing manteve ocupados administradores de segurança e especialistas no setor de computadores. Em particular, a simplicidade dos ataques faz com que a manipulação de IP como um método ainda seja interessante para os criminosos de hoje. Por causa disso, é necessário se prevenir e aplicar métodos de proteção para evitar problemas.

Gostou do nosso artigo? Que tal nos seguir no Facebook ou no LinkedIn e acompanhar de perto todas as nossas dicas para manter sua rede mais segura? Comece a seguir agora mesmo!

No Comments

Leave a Comment

Please be polite. We appreciate that.
Your email address will not be published and required fields are marked