IPSec ou SSL: qual é o melhor túnel VPN para a sua empresa

Considerando suas opções de túnel VPN? Antigamente, se uma filial remota precisava se conectar à rede de computadores da empresa, era preciso a instalação de linhas dedicadas — com banco de modens e uma linha telefônica para cada um deles. Para a época, era um tipo de conexão relativamente rápida e segura, mas também muito cara.

Com a internet, no entanto, isso mudou. Agora, não é preciso criar uma rede de modens conectados para permitir o acesso remoto à rede empresarial; a própria internet já faz esse papel. Contudo, esse processo não veio sem desafios.

A internet é uma rede aberta a qualquer pessoa do mundo. Então, ao usá-la para que funcionários possam acessar sua rede, como impedir que outros agentes externos também não consigam acessá-la? Foi para solucionar esse problema que surgiu o túnel VPN (Virtual Private Network).

O que é o túnel VPN?

VPN é exatamente o que o seu nome em inglês diz: uma rede virtual privada. Ele permite conciliar dois objetivos da empresa:

  1. permitir que usuários organizacionais acessem a rede da empresa remotamente pela internet;
  2. impedir que agentes externos não autorizados tenham o mesmo acesso.

A VPN cria um “túnel” — daí o termo túnel VPN — para conectar dois endpoints. Os dados que passam por esse túnel são criptografados para que apenas usuários autorizados tenham acesso às informações que trafegam por ele.

Não há dúvidas quanto aos benefícios do túnel VPN. Além de ser um item de rede necessário atualmente, com uma força de trabalho que é cada dia mais remota, a VPN estabelece uma conexão segura, protegendo os dados da empresa.

Contudo, uma das grandes dúvidas ao implementar uma VPN é em relação ao qual tipo instalar: IPSec ou SSL. Para te ajudar, explicamos como cada uma funciona a seguir.

Quer saber como aumentar a segurança na sua rede? Leia sobre a autenticação de dois fatores.

IPSec — Internet Protocol Security

As VPNs tradicionais utilizam o IPSec para fazer o encapsulamento entre dois endpoints. O IPsec é definido na camada IP e costuma ser usado para permitir acesso remoto seguro a uma rede inteira (em vez de apenas um único dispositivo).

Para acessar uma VPN IPSec, a estação de trabalho ou dispositivo em questão deve ter um aplicativo de software cliente IPSec instalado — o que pode ser tanto uma vantagem quanto uma desvantagem.

A vantagem é que o IPSec fornece uma camada extra de segurança, já que é preciso não apenas executar o software cliente VPN correto para se conectar à rede, mas também tê-lo configurado adequadamente. Um usuário não autorizado teria que superar esses dois obstáculos antes de obter acesso à rede empresarial.

O problema é que manter as licenças para o software pode gerar altos custos. Além disso, instalar e configurar o programa em todas as máquinas remotas, especialmente se elas não puderem estar no local fisicamente para isso, pode ser um problema.

SSL — Secure Sockets Layer

Enquanto uma VPN SSL também fornece a segurança de dados para evitar as mesmas preocupações que o IPSec, o SSL é especificamente projetado para aplicativos da web.

Ao contrário do IPSec, o SSL fornece controle de acesso granular de seus aplicativos e não requer a instalação de software cliente especializado para uso. Como resultado, também é normalmente considerada uma solução mais barata e mais simples de configurar e implementar.

Outra vantagem da SSL é que ele permite um controle de acesso mais preciso. Primeiro, o SSL fornece um túnel VPN para aplicativos específicos e não para toda a LAN corporativa. Segundo, é mais fácil fornecer diferentes direitos de acesso a diferentes usuários e ter um controle mais assertivo sobre o que é acessado como um todo.

Por outro lado, uma desvantagem do SSL é que o acesso do(s) aplicativo(s) é feito por meio de um navegador da web, o que significa que eles realmente funcionam apenas para aplicativos baseados na web. Isso significa que os usuários não têm acesso a recursos de rede como impressoras ou armazenamento centralizado, e não podem usar a VPN para compartilhamento ou backup de arquivos.

O SSL vem ganhando em prevalência e popularidade, no entanto, ele não é uma solução única para todos os casos. Da mesma forma, as VPNs IPSec também não são adequadas em qualquer situação.

É importante considerar cuidadosamente as necessidades de seus usuários remotos e avaliar os prós e contras de cada solução para determinar o que funciona melhor para sua empresa.

E você, qual solução VPN utiliza na sua empresa? Ficou com alguma dúvida? Deixe seu comentário abaixo e interaja conosco! 

No Comments

Leave a Comment

Please be polite. We appreciate that.
Your email address will not be published and required fields are marked