Tenha Segurança Mesmo Usando a Cloud Computing Pública

É perfeitamente possível manter os dados e informações de uma empresa a salvo, mesmo por meio do uso de um serviço de computação em nuvem público. Fazer isso pode poupar um bom dinheiro e evitar mudanças drásticas na infraestrutura

Já não é mais preciso explicar que a computação em nuvem veio para ficar. Toda a praticidade e eficiência que são obtidas através dessas soluções são impossíveis de se obter por outros métodos. Porém, a segurança é a palavra chave quando se trata dos dados de uma empresa, e todo o cuidado é pouco.

Entre as três opções de serviços (nuvem pública, nuvem privada e nuvem híbrida), a mais segura, sem sombra de dúvidas, é a privada, já que o servidor fica alocado na própria empresa, o que torna muito mais difícil o acesso às informações e dados ali contidos. Porém, seu custo mais elevado pode ser um fator complicado.

Por isso, muitas empresas recorrem ao cloud computing público, que é bem mais acessível. Mas, mesmo assim, é possível manter todas as informações da empresa a salvo e evitar que estes sejam interceptados, desde que algumas recomendações de segurança sejam integralmente seguidas.

 

Como manter a segurança com um serviço de nuvem público?

Em um serviço de computação em nuvem público, os dados de várias empresas são armazenados em um mesmo servidor, embora cada uma tenha permissão de acesso apenas àquilo que lhe pertence.

Por mais que esse seja um método seguro, muitas empresas ainda se mantém com um pé atrás em relação a essa alternativa, principalmente quando a empresa lida com informações sigilosas e que não podem ser interceptadas de forma alguma, como as fichas cadastrais dos clientes, por exemplo.

Portanto, as melhores dicas para evitar qualquer tipo de problema são as seguintes:

 

Utilize senhas fortes

É realmente mais fácil contar com senhas padronizadas, sequenciais ou que sejam fáceis de adivinhar, como o nome da empresa ou os famosos “1234” ou “mudar123”. Porém, isso também torna mais fácil que terceiros consigam interceptar os arquivos da empresa.

O melhor a se fazer é adotar uma senha mais forte, que conte com números, letras maiúsculas e minúsculas e caracteres especiais. Pode ser que no começo seja um pouco difícil de decorar, mas isso aumenta muito a segurança do cloud computing privado.

Cloud Computing Sendo Segura

Jamais divulgue as senhas

Esse é um conselho bem óbvio, mas que ainda assim se faz necessário. A senha de acesso ao sistema não diz respeito a nenhuma outra pessoa: apenas aos colaboradores da empresa.

Por isso, caso a senha tenha sido solicitada em qualquer lugar, não informe, pois isso pode dar pleno acesso a todos os dados armazenados na nuvem. Os danos podem ser pequenos, como o acesso a uma planilha de informações simples, mas também podem ser drásticos, como a descoberta dos dados cadastrais dos clientes, por exemplo.

 

Mantenha um backup dos dados mais importantes

É claro que nem sempre a empresa terá condições de contar com backups de todos os arquivos, principalmente aqueles que ainda não foram concluídos ou os mais antigos, mas é imprescindível contar com um backup de restauração em casa, pelo menos daqueles arquivos mais importantes.

Além de isso ser bastante útil contra o roubo de informações, o cliente pode até mesmo optar por deletar determinados arquivos da nuvem caso sinta que está correndo algum tipo de risco. Isso também garantirá que o fluxo de processos da empresa não seja interrompido.

 

Entenda: a public cloud computing é segura

Não é porque o cloud computing público não é a opção mais segura de processamento em nuvem que ela não seja capaz de manter informações e dados sigilosos a salvo. Existem vários serviços que são utilizados no cotidiano das empresas cujos dados ficam salvos em redes de computação em nuvem pública.

Um dos maiores exemplos é o Google, que armazena os arquivos de seus clientes em redes desse tipo. Portanto, todos os e-mails, fotos e demais informações dos usuários ficam salvos na nuvem pública, mas ainda assim são bastante seguros.

Por isso, se a empresa não precisa manejar dados absolutamente sigilosos, é uma boa opção adotar a cloud computing pública para o armazenamento desses dados. Porém, existem alguns casos em que esse serviço não é suficiente, como no caso do armazenamento de dados de ordem financeira, cartões de crédito e projetos sigilosos, bem como quando a legislação obriga uma solução mais segura.

Nesses casos de impossibilidade, realmente, o private cloud é a melhor alternativa. Mesmo que seja mais custoso, os dados ficarão muito mais seguros e a empresa poderá atender a todas as exigências legais.

Ao conhecer as diferenças entre sistemas de cloud computing privados, públicos e híbridos, ficará muito mais fácil entender qual deles é o melhor para cada necessidade. Porém, independentemente de qual ela seja, é essencial que se escolha uma empresa confiável e já estabelecida no mercado. Assim, o cliente poderá ficar despreocupado quanto à segurança de seus arquivos.

Tenha Segurança Mesmo Usando a Cloud Computing Pública
Avalie este post

Posts Relacionados:

No Comments

Leave a Comment

Please be polite. We appreciate that.
Your email address will not be published and required fields are marked